sábado, 2 de julho de 2011

E o transito?

Essa sim é uma coisa que me chama muita atençao aqui na Italia. Todo mundo por aqui tem carro. Primeiro porque é barato - um 1.0 sai por 7.000€ - e outra porque o transporte publico nao é dos melhores. Alias, por aqui onde moro é precario. Tem trem e onibus que passam no horario certinho, mas sò. E nao é nem de hora em hora. Entao todo mundo recorre a um transporte proprio - carro, moto e - no meu caso - motorino.

A parte legal é o respeito que as pessoas tem no transito. A velocidade maxima do meu meio de transporte é 70km. Os que vem atras ultrapassam - SOMENTE PELA ESQUERDA - quando dà. Quando nao dà, andam atras, devagar, sem pressa e sem buzinar.

Se uma pessoa vai entrar para a esquerda, ela dà seta e para no meio da rua. Os carros atras param tambem. Se vem carro na direçao oposta, TODO MUNDO ESPERA. Sem xingar, sem buzinar, sem mandar ninguem tomar naquele lugar.

Nas rotatòrias - rotondas por aqui - a preferencia é de quem jà està na rotatòria. Quem nao està espera. Sem se incomodar se vai demorar 15s, 1m ou mais. Ninguem tenta dar um jeitinho ou entrar correndo porque està com pressa ou porque simplesmente està acostumado a agir deste jeito.

Pedestre poe o pé na faixa e os carros param. E pedestre que é atropelado ganha uma indenizaçao de mais ou menos - 10.000€. Por isso que todo mundo respeita. Alias, as multas aqui sao de no minimo 1.000€. Um Xsara Picasso 2000 a gente consegue comprar por 2.000€. Entao quem quer tomar multa de metade do valor do carro?

Algumas coisas realmente funcionam no Primeiro Mundo.

Um comentário:

  1. Nossa Cris que legal...
    Igualzinho aqui no Brasil....rsrsrs

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...